14 a 16 / Nov – Satyrianas 2019 no estúdio NU

Satyrianas 2019

Pelo terceiro ano consecutivo, o estúdio NU recebe e promove em parceria com o Festival Satyrianas uma programação cultural ousada e irreverente, que contará esse ano com espetáculos, performances e exibição de filmes.

Todos os eventos da programação das Satyrianas têm entrada Pague Quanto Puder e os ingressos podem ser retirados meia hora antes de cada atração no próprio estúdio NU.

Local: Estúdio NU – Rua Dona Maria Paula, 122, conj 1208.

Exibição de LONGA-METRAGEM

Em “A Filosofia na Alcova”, da Satyros Cinema, dois libertinos, Dolmancé e Juliette, comandam uma casa clandestina onde todos os prazeres sexuais são possíveis. Um dia, eles recebem o pedido de um respeitado burguês para acolher e educar sua filha virgem, Eugénie. Inicialmente, a garota fica chocada com as orgias e a violência. Depois, se acostuma às práticas sadomasoquistas e passa a desafiar todos em nome da permanência na casa, inclusive a mãe religiosa. Baseado na peça homônima do Marquês de Sade. Direção de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. 80 minutos.

Quando: dia 15/11, sexta-feira, às 22h30. 18 anos.

Mostra de Performances do Teatro da Pombagira

O coletivo Teatro da Pombagira mergulha na teoria queer para tratar de convenções sociais, políticas, religiosas e do cotidiano, tendo o território da dança e da performance como campo fértil para desenvolver um trabalho acerca das questões objetivas e das subjetividades que oprimem e violentam as sexualidades desviantes. O público pode chegar a qualquer momento da mostra, que conta com performances duracionais e interativas. O bar fará parte da performance, para matar a fome da carne e a sede da alma.

Quando: dia 16/11, sábado, das 21h à meia-noite. 18 anos.

TEATRO ADULTO, ESPETÁCULOS PERFORMATIVOS E LEITURAS DRAMÁTICAS

Tântrica Santina Forjada em Sangue a Sorte Imaculada e um Homem Morto

Tântrica Santina” é o monólogo de uma mulher em tempo e espaços indefinidos. O espetáculo apresenta uma miscelânea de referências, tanto na encenação ritualística, quanto no texto poético e lírico. O clima da obra remete a um barroco sombrio, onde o sacro e o profano são constantemente citados e convivem lado a lado. (50 min). Texto: Thor Vaz. Direção: Thor Vaz. Elenco: Rita Rocha. Quando: dia 14/11, quinta-feira, às 20h30. 14 anos.

Ensaio sobre o Golpe: uma reconstituição cênica do processo de impeachment de Dilma Rousseff

Ensaio sobre o Golpe” parte de um projeto de reconstituição cênica do interrogatório da ex-presidente Dilma Rousseff durante o processo de impeachment. Utilizando o verbatim como mecanismo para um teatro documentário, esse espetáculo consiste na reprodução do discurso inicial de Dilma no Senado. (40 min). Texto: Discurso de Dilma Rousseff. Adaptação: Isabella Bottan. Direção: Aline Ferraz. Elenco: Isabella Bottan. Quando: dia 15/11, sexta-feira, às 19h. 14 anos.

Parte 3: Don’t Dream it’s over a festa

A ação “Don’t Dream It’s Over A Festa“, dicotomia entre teatro e performance, propõe uma reflexão de forma não linear através de um conjunto de ciclos de transições, partindo da ideia de solenidades comemorativas unidas às crises do performer ao completar 40 anos, ao expor seus vazios e fragilidades. O projeto tem coordenação de Aline Filicomo. (63 min). Produção/Realização: Coletivo A Ovelha. Performers: Alexandre Marchesini e Beatriz Correa. Quando: dia 15/11, sexta-feira, às 20h30. 18 anos.

Somatizando Ruínas

Notícias insuportavelmente abrindo buracos em corpos. Tirar do corpo, colocar na folha. Tirar da folha, voltar ao corpo. Tirar do corpo? “Somatizando Ruínas” é um diálogo performativo entre desenho e corpo pergunta o que pode restar das células diante do peso da realidade brasileira em 2019. (40 min). Produção/Realização: Gabriel Coiso e Janina Arnaud. Performers: Gabriel Coiso e Janina Arnaud. Quando: dia 16/11, sábado, às 18h. 16 anos.

Máscaras do sucesso

Em “Máscaras do Sucesso” um ator se questiona em meio às experiências sobre o que realmente importa em sua  ida. O que estamos fazendo com a vida que nos foi destinada a viver? Questões permeiam a cabeça do ator que se desdobra em inúmeros personagens e personas para levar a público seus sonhos, devaneios e percepções. (55 min). Texto: Kleber Marcolino. Direção: Theófila Lima. Elenco: Kleber Marcolino. Quando: dia 16/11, sábado, às 19h30. 16 anos.

Confirme presença e compartilhe também pelo Facebook: facebook.com/events/447434599249030

Informações importantes sobre as Satyrianas no estúdio NU:

– é obrigatório trazer o RG para fazer cadastro de visitante na recepção do prédio.

– venha despida(o) de qualquer preconceito. note que o estúdio NU é um espaço nude friendly — a nudez é opcional para qualquer visitante, mas é bem-vinda e deve ser tolerada por todos.

– todos os eventos da programação das Satyrianas têm entrada Pague Quanto Puder e devem ser pagos apenas em dinheiro. Para o bar do estúdio NU, que estará aberto de quinta a sábado das 18h às 24h, aceitamos todos os cartões de débito e crédito.

– os eventos com classificação indicativa de 18 anos podem ser contemplados por menores caso acompanhados dos responsáveis.

– veja a programação completa dos demais espaços participantes do festival Satyrianas em satyrianas.com.br.

9/Mai – DRINK&DRAW: Lançamento do zine FLOPES + Modelo Vivo com Alexandre Fernandes

1 Drink&Draw Fabio Lopes OFLOPES

Dia 09 de Maio, quinta-feira, acontecerá o 1º evento Drink&Draw no estúdio NU com o lançamento do zine “FLOPES — citando Tom of Finland”, do artista Fabio Lopes, com a venda dos desenhos originais que compõem a série e o sorteio de um desenho original.

1 Drink&Draw Fabio Lopes OFLOPES

O Drink&Draw é um evento onde conversas, bebidas, músicas e desenhos coexistem no mesmo espaço, aberto a artistas e não artistas. Todxs podem desenhar durante a sessão com o modelo vivo, mas não é uma obrigatoriedade. Quem quer vir só para conversar, beber e curtir também é muito bem-vindx!

No estúdio NU, nós associamos o Drink&Draw — evento já corriqueiro nos bares artísticos de Nova Iorque e São Francisco — com um tema ou evento artístico específico, que nesse caso será o lançamento do zine e a sessão “Insólito” de modelo vivo, orientada pelo próprio Fabio Lopes e com a participação do ator Alexandre Fernandes, que será o modelo.

Para este evento será cobrado ingresso antecipado no valor de R$30 (botão de pagamento abaixo), que dará direito à entrada no evento — com a sessão orientada Insólito de modelo vivo e materiais de desenho inclusos, a R$10 de consumação no bar, e um exemplar do zine FLOPES. É possível pagar a entrada em dinheiro ou cartão na chegada ao evento, porém, nesse caso o ingresso não dará direito aos R$10 de consumação.

O estúdio NU abrirá as portas às 19h. A sessão “Insólito Modelo Vivo” vai ocorrer das 20h30 até às 22h. Em seguida, o Drink&Draw continua com a participação livre de quem quiser posar, até as 24h, para quem quiser continuar desenhando ou simplesmente curtindo a noite.

Serviço

1º DRINK & DRAW: Lançamento do zine FLOPES — citando Tom of Finland + sessão Insólito Modelo Vivo com Alexandre Fernandes

Data: 9/Mai, quinta-feira.

Local: estúdio NU – Rua Maria Paula, 122, conj 1208, São Paulo

Abertura da casa para o Drink &Draw: 19h; sessão Insólito Modelo Vivo: 20h30; Confraternização: até as 24h. O estúdio NU abre as portas às 19h mas você pode chegar a qualquer momento depois disso.

INGRESSOS antecipados – garanta a sua consumaçãO

9/Mai, quinta – R$ 30 – Zine FLOPES + Drink&Draw (R$10 de consumação inclusa) + sorteio :




Sobre o artista convidado:

Fabio Lopes é artista visual, ator, arte educador e performer. Vive e trabalha em São Paulo, onde é co-fundador do coletivo BIXA PARE. Pesquisa os desdobramentos do desenho como dispositivo relacional e disparador criativo. Veja seu portfolio.

Mais informações sobre o Drink&Draw:

  • É possível pagar a entrada em dinheiro ou cartão na hora do evento, porém, nesse caso o ingresso não dará direito aos R$10 de consumação, que é um bônus exclusivo para a compra antecipada. Aceitamos todos os cartões de débito e crédito.
  • Caso faça o pagamento antecipado aqui pelo site com cartão de crédito e receba a mensagem do PagSeguro de que o pagamento foi aprovado, não há necessidade de nova confirmação, bastando comparecer no dia do evento com um documento de identidade. Caso pague via boleto, favor enviar o comprovante de pagamento realizado (não de agendamento) para o WhatsApp do estúdio NU.
  • O estúdio abre às 19h e a sessão Insólito começa às 20h30, mas a entrada é permitida a qualquer momento das 19h às 23h.
  • Ofereceremos materiais básicos para desenho a todxs xs participantes. Quem quiser pode trazer seus próprios materiais também.
  • Não é permitido filmar ou fotografar o evento sem autorização prévia dos organizadores ou artistas envolvidos.

26/Mar e 2/Abr – Textos Putos Vol. 2 – Show Eróticocinematográfico de Abhiyana

Abhiyana Textos Putos

Nos dias 26/Mar e 2/Abr, o estúdio NU se transformará em cabaré, terreiro, templo e puteiro — muito intimista — pra receber o público da atriz e escritora Abhiyana, que apresentará pela primeira vez os contos eróticos, pornográficos e sanguinolentos do segundo livro do seu projeto Textos Putos, “Por Que Gozar é Tão Bom?“. Serão apenas duas apresentações. Os convites são limitados e oferecidos em dois lotes com valores diferenciados (veja e adquira o seu abaixo). [UPDATE: todas as apresentações esgotadas]

Abhiyana Textos Putos

Na apresentação dos seus textos putos, Abhiyana será acompanhada do músico Rodrigo Zanettini, e os convidados vão também assistir com exclusividade a primeira exibição dos Curtas Putos, onde Abhiyana vive e faz amor com uma diversidade de corpos e sexualidades. Ela garante: todos os gostos e tesões são deliciosamente contemplados.

Abhiyana fala sobre sexo de forma escrachada, livre e bem pornográfica. O projeto Textos Putos, em sua segunda edição, tem a pretensão de trabalhar a pornografia como instrumento de libertação.

Serviço

“Textos Putos Vol. 2 – Show Eróticocinematográfico de Abhiyana”

Local: estúdio NU – Rua Maria Paula, 122, conj 1208, São Paulo

Datas: 26/Mar e 02/Abr (terças-feiras)

Abertura da casa e Happy Hour: 19h30 ; Exibição dos Curtas e Apresentação: 21h00

CONVITES antecipados (update: todas as apresentações esgotadas):
26/Mar, terça, 21h – 2º Lote – R$ 55 – Esgotado
02/Abr, terça, 21h – 2º Lote – R$ 55 – Esgotado

Abhiyana Textos Putos

Saiba mais sobre a Abhiyana e os seus  Textos Putos clicando AQUI.

23/Mar – CORPORNÔTECNOSSEXUAL: Debate + Lançamento de Danilo Patzdorf: “Sobre Aquilo Que Um Dia Chamaram Corpo”

Danilo Patzdorf Sobre Aquilo Que Um Dia Chamaram Corpo Corpornotecnossexual

O que a putaria online tem a nos ensinar sobre o corpo do século XXI? Tecnologia e Natureza são ainda distintas numa época em que sentimos tesão por pixels? Por que nos empenhamos tanto em produzir e compartilhar esse volume infindável de imagens dos nossos próprios corpos? Essas e outras perguntas serão debatidas com o público no evento CORPORNÔTECNOSSEXUAL, seguido do lançamento do livro “Sobre aquilo que um dia chamaram corpo: corporalidade nas ambiências digitais”, do artista e pesquisador Danilo Patzdorf, no estúdio NU.

Danilo Patzdorf Sobre Aquilo Que Um Dia Chamaram Corpo Corpornotecnossexual

Com início às 16h do dia 23 de março de 2019, o debate com o público “O que a putaria online tem a nos ensinar sobre o corpo do século XXI?” buscará intersecções pornológicas entre nossas práticas sexuais online com a atual política e com o contexto neoliberal que organiza nossas vidas nos grandes centros urbanos. O debate será provocado por Jacqueline Santos, Raquel Melo e Thiago Alixandre.

Em seguida, ocorrerá o lançamento do livro “Sobre aquilo que um dia chamaram corpo: corporalidade nas ambiências digitais” (Ed. Letramento, 2019), de Danilo Patzdorf, voltado para pessoas interessadas por corpo, sexualidade e tecnologia. Analisando diferentes experiências corporais online (aplicativos de paquera, envio de nudes, sexo virtual grupal, cirurgia robótica, entre outras), o livro se dedica a mostrar como tais práticas estão transfigurando nossa concepção de corpo, mídia e sexo no século XXI, instaurando uma realidade pós-corporal, pós-midiática e contrassexual, habitada por uma espécie de “corporalidade reticular, sem centro nem periferia, capaz de sentir a miríade de estímulos transorgânicos, semióticos e sintéticos que a atravessam no contexto digital e fora dele.

Local: estúdio NU – Rua Maria Paula, 122, conj 1208, São Paulo

Abertura da casa: 15h; Debate: 16h; Lançamento do Livro e Confraternização: 18h às 19h

Entrada livre. O estúdio NU abre às 15h e o debate começa pontualmente às 16h.

Confirme presença pelo Facebook! facebook.com/events/1988747968088769

Sobre o autor:

Danilo Patzdorf é artista, bailarino, pesquisador e professor de yoga. Doutorando em Artes Visuais (ECA-USP), Mestre em Comunicação (ECA-USP) e Graduado em Artes Visuais (ECA-USP), está interessado em compreender o estatuto do corpo na contemporaneidade, realizando, para tanto, um percurso híbrido sobre a prática e a teoria de diferentes linguagens: dança, performance, artes visuais, teatro e comunicação.

Sobre as debatedoras:

Jacqueline Santos é mestranda no programa de Linguística Aplicada (UNICAMP) e Licenciada em Letras pela mesma universidade. Atualmente, pesquisa construções de gênero e sexualidade em materiais pornográficos através da análises das tags. Tem interesse por questões relacionadas a sexualidade, estudos de gênero, minorias políticas, e tecnologia.

Raquel Melo é Mestra em Ciências da Comunicação (USP), Especialista em Digital (Senac), Jornalista experiente em rádio e TV (Globo, CBN, Record, R7). Atualmente, trabalha com inovação na maior aceleradora de startups da América Latina, ACE. Pesquisa a correlação entre inovação e diversidade e seus impactos na sociedade e no mundo corporativo. Leciona sobre comunicação integrada e comunicação digital e marketing digital em cursos de Pós-Graduação (Senac, IPOG, Unoesc).

Thiago Alixandre é bailarino e cantor profissional, estudante de violão popular e piano erudito, produtor cultural, crítico de dança no Jornal Gazeta de Votorantim desde 2013, presidente do conselho municipal de cultura de Votorantim (2016/2019), professor de teoria e prática da dança, filosofia e teorias do corpo. Idealizador e coordenador do Núcleo de Artes e Educação Parque da Autonomia desde 2008, idealizador e coordenador da Mostra Nacional Dança na Pedreira (2011, 2012, 2014 e 2016), graduado em Filosofia pela UNIMES e mestrando em Comunicação e semiótica pela PUC-SP orientado pela professora e crítica de dança Helena Katz. É ainda membro pesquisador do CED (centro de estudos em dança da PUC-SP).

4/Fev a 13/Mar – Curso Arquiteturas do Corpo, com Marcelo Denny

De 4 de Fevereiro a 13 de Março de 2019, às segundas e quartas-feiras das 19h às 22h, acontece o Curso “Práticas Performativas: Arquiteturas do Corpo – o corpo na performance e nas artes moderna e contemporânea” no estúdio NU com o Prof. Marcelo Denny. As vagas são limitadas.

Arquiteturas do Corpo foto ilustrativa

O objetivo do curso é analisar aspectos de cruzamento e hibridismo de linguagens artísticas em encontro ou a partir das artes visuais-performativas-cênicas e até eletrônicas/digitais, criando um panorama sobre os limites, confluências e novas formas de fazer, ver e fruir o corpo no campo das artes hoje. Como a ideia de corporeidade foi se alterando e como a arte acompanha e aponta formas de ver e entender o corpo? Assim, criaremos uma linha mestra que vai conduzir uma viagem por artistas, grupos, escolas e estilos que se desdobram das artes visuais às artes cênicas, da performance à body-art, da escultura à vídeo-dança etc. Objetiva-se também trazer à tona artistas brasileiros e internacionais que de alguma forma contribuíram com uma novas visualidades, conceitos, mudanças e importantes questões sobre a política e nova poética dos corpos, especialmente a partir das segundas vanguardas do século XX, fase das grandes renovações artísticas , até artistas atuais do século XXI.

Arquiteturas do Corpo foto ilustrativa

O Curso justifica seu tema por se tratar o Corpo questão de máxima importância hoje, devendo ser sempre revisitado para que possamos falar, a partir dele, sobre assuntos urgentes à política, gênero, ética e subjetividade. Seja pela representação pictórica, escultórica ou performativa, passando por instalações relacionais, a própria arte relacional, vídeo-arte e outras novíssimas linguagens híbridas, no estudo do vasto leque de artistas dos últimos 100 anos podemos entender não apenas as nuances artísticas, mas sobretudo criar um terreno mais rizomático, de cruzamento entre linguagens e formas do conhecimento humano, terminando enfim por criar um ambiente de experimentações com a realizações pelos alunos de arquiteturas corporais  em cruzamento com processos individuais. 

As aulas acontecerão às segundas e quartas-feiras, das 19h às 22h. De 4 a 27 de Fevereiro, os seguintes tópicos serão tratados em 8 aulas teóricas:

  1. Breve introdução: O corpo na História e na Arte
  2. Corpo Expandido
  3. Corpo Ritual 
  4. Corpo Relacional
  5. Corpo Ativista
  6. Corpo Tecnológico

Ao longo das aulas teóricas, as alunas e alunos serão orientadas sobre a criação autoral das suas próprias práticas performativas de Arquiteturas do Corpo.

Não haverá aulas na semana do Carnaval. Nos dias 11 e 13 de Março, após o Carnaval, serão realizadas as práticas das instalações corporais performativas das(os) alunas(os), que serão fotografadas e/ou filmadas no estúdio NU, concluindo assim o Curso.

Arquiteturas do Corpo foto ilustrativa

Curso: Práticas Performativas – Arquiteturas do Corpo

Aulas: 4, 6, 11, 13, 18, 20, 25, e 27 de Fevereiro, e 11 e 13 de Março, sempre das 19h às 22h, totalizando 10 dias e 30 horas-aula.

Local: Estúdio NU – Rua Dona Maria Paula, 122, conj 1208.

Valor: R$ 350. Inscrição obrigatória pelo formulário abaixo e pagamento online:

Após o preenchimento do formulário, para garantir sua vaga, realize o pagamento pelo botão abaixo:

(o pagamento não é necessário caso tenha feito sua inscrição para as vagas com gratuidade para pessoas trans; nesse caso, no dia 24/Jan/2019 faremos o sorteio das bolsas e informaremos sobre o preenchimento das vagas às pessoas inscritas)

Não se esqueça que sua participação apenas estará confirmada quando o pagamento for realizado. Se você pagar com cartão de crédito, a confirmação é instantânea; caso pague via boleto, a confirmação pode levar até 3 dias úteis após o pagamento, então se quiser agilizar, envie o comprovante para o email inscricao@estudionu.com.br.

Em caso de dúvidas, entre em contato.

Obrigado!

Arquiteturas do Corpo foto ilustrativa

Breve Currículo do Professor:

Prof. Dr. Marcelo Denny de Toledo Leite

Diretor teatral, cenógrafo, arte educador, artista plástico, performer, curador, diretor de arte tem  mestrado e doutorado em Artes pela ECA-USP Universidade de São Paulo.

Um dos fundadores dos grupos “Cia Teatral “Cadê Otelo?”, Desvio Coletivo, Cia Sylvia Que Te Ama Tanto Teatro da PombaGira – Coletivo de Criadores, onde atuou como diretor  e cenógrafo em mais de 20 espetáculos onde foi vencedor de mais de 30 prêmios em festivais de teatro pelo Brasil, onde também atua como curador e jurado-debatedor de festivais de teatro como o FESTEde Pindamonhangaba (SP), Festival de Teatro de Taubaté (SP) e o FESTIVALEFestival de Teatro de São José dos Campos (SP). 

Desenvolve pesquisa sobre visualidades (cenografia contemporânea) e performatividades, performance, performance urbana  e cena contemporânea.Foi professor convidado para lecionar cursos e palestras correlatas a sua pesquisa na seguintes escolas: e na Universidade São Judas (SP), Yazigi Internexus, Faculdade Paulista de Artes, SP Escola de Teatro, UNESP (SP), Escola São Paulo de cultura contemporânea (SP) e também nas Universidades Anhembi Morumbi (SP)UNIBAM (SP) FPA-Faculdade Paulista de Artes (SP), Universidade Livre de Artes de São José do Rio Preto (SP) e Centro Universitário Belas Artes (SP), UFRN-Universidade Federal do Rio Grande do Norte (RN) e UNIRIO – Universidade do Rio de Janeiro (RJ), Centro Cultural São Paulo e Galeria Olido (SP).

Foi um dos representantes do Brasil na Quadrienal de Cenografia de Praga de 2007, (República Tcheca). Nos últimos anos lecionou cursos e realizou ações performativas nas instituições: SESC SENAI (várias capitais pelo Brasil), AKT-ZENT- Research Centre of the Theatre Education & Training e no Volksbuhne Theatre em Berlim (Alemanha), Grupo Dançando com a Diferença em Funchal-Ilha da Madeira (Portugal). Foi jurado, palestrante no Primer Festival de Body Painting da Argentina na cidade de Mérida, foi um dos representantes e artistas expositores do Brasil na Quadrienal de Cenografia de Praga de 2015 (República Tcheca) e também um dos representantes do Brasil no encontro da IFTR- International Federation for Theatre Research na cidade de Estocolmo na Suécia, em 2016.

Tem realizado diversos cursos sobre visualidades cênicas contemporâneas e performativas na cena nas seguintes universidades pelo mundo: Universidad de Chile, Escuela Superior de Artes de Yucatán em Mérida (México), Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa, (Portugal), Institut del Theatre em Barcelona (Espanha), Universiteit van Amsterdam (Holanda), Universidad de La Plata (Argentina), Universidad de Costa Rica, Université Paris 8 – Saint-Denis em Paris (França), Universidad de ChileUniversidade de Artes de Taipei (Taiwan)e no The Hemispheric Institute of Performance and Politics da New York University (EUA). É professor doutor na graduação, onde leciona as disciplinas de Cenografia, Maquiagem & Caracterização, Cenografia I, II e II, Direção IV e Práticas Performativas entre outras. É também professor no PPGAC – Programa de Pós Graduação da ECA da USP- Universidade de São Paulo. Um dos fundadores e diretores do Laboratório de Práticas Performativas da ECA – USP. Atualmente é chefe do Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP.

Arquiteturas do Corpo foto ilustrativa

Bibliografia do Curso:

ARDENNE, Paul, L`Image Corps, Figures L`human dans l`art du XX Siecle, Editions du regard, 2010, Paris.

BIESENBACH, Klaus, IntoMe/Out of Me, Hatje Cantz, 1999, Berlin.

BOURRIAUD, Nicolas, Estética Relacional, Martins Fontes, 2009, São Paulo.

BOURRIAUD, Nicolas, Radicante, Martisn Fontes, 2011, São Paulo.

CAMPELO, Cleide Riva, Cal(e)idoscorpos-Um estudo semiótico do corpo e seus códigos, Annablume Editora, 1996, São Paulo.

COUTO, Edvaldo Souza, Corpos Mutantes-ensaios sobre novas (d) eficiências corporais, UFRGS Editora, 2007, Porto Alegre.

COHEN, Renato, Performance como Linguagem, Editora perspectiva, 2002, São Paulo.

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix, Mil Platôs Vol 3- ( Como criar para si um corpo sem órgãos), 1999, Editora 34, São Paulo.

DOPPLEGANGER-The image of the human being,Edited by Robert Klanten,Gestalten, Berlim, 2011. 

DRIES, Luk Van Den, Corpus Jan Fabre, L`Arche Éditteur, 2005, Paris.

ELECTRIC BODY, Le corps en scéne, BeauxArts, Cité de la Musique2003, Paris.

FÉRAL, Josette, Pratiques performatives-Body Remix, Presses de L`Université du Quebec, 2012, Quebéc.

JEUDY, Henri-Pierre, O Corpo como objeto de arte, Editora Estação Liberdade, 2002, São Paulo.

GARCIA, Wilton ( org) Corpo & Interatividade, Factash Editora, 2008, São Paulo. 

GOLDBERG, RoseLee, A Arte da performance, Martisn Fontes, 2006, São Paulo.

GOMES, Ana Cecília Aragão, Campo e Contracampo do Corpo, Annablume Editora, 2011, ßão Paulo.

LA MUTE, Un Devenir du Corps Collectif, France TTC, 2013,Paris.
MORAES, Eliane Robert, O Corpo Impossível, FAPESP, 2002, São Paulo. 

O`MAHONY, Marie, Cyborg the man-machine, Thames & Hudson2002, London.

ONFRAY, Michael, A potencia de existir, Martins Fontes, , 2010, São Paulo.

O`REILLY, Sally, Body Art, Thames & Hudson, 2012, Paris.

PANZANELLI, Roberta, Ephemeral Bodies, Getty Research Institute, 2008, Los Angeles.

PRADIER, Jean-Marie, LA Scene et la fabrique des corps, Presses Universitaires Bordeaux, 199, France.

VERGINE, Lea, Body Art and Performance,-The Body as language, Skira, 2000,Milão.

VILLAÇA, Nízia, E Edição do Corpo-tecnologia, artes e moda, Estação das Letras, 2007, São Paulo. 

RAQUEL, Fernanda, Corpo Artista, FAPESP-Annablume, São Paulo, 2011. 

ROMANO< Lúcia, O Teatro do Corpo Manifesto, Editora perspectiva, 2005, São Paulo.

SANTAELLA, Lucia, Culturas e artes do pós humano, Paulus, 2003, São Paulo.

SCHWARTZMAN, Madeline, See Yourself Sensing- Redefining Human Perception, Black dog publishing, 2011, London

SETENTA, Jussara Sobreira, O Fazer-Dizer do Corpo, EDUFBA, 2008,Salvador.

ZIDIANAKIS, Vassilis, Not a Toy, Fashioning Radical Characters, Pictoplasma, 2001, Berlin.

6/Dez – CORPO de Quinta

6/Dez - Corpo de Quinta - estúdio NU

No dia 6 de Dezembro de 2018, a partir das 19h, acontece o X Encontro Corpo de Quinta no estúdio NU, o último do ano.  O tema desse encontro será CORPO, DOENÇA, MORTE E A ARTE.

Corpo de Quinta é um encontro mensal gratuito de networking artístico que acontece no estúdio NU sempre em uma Quinta-feira por mês, aberto ao público geral mas sobretudo voltado para artistas de todas as áreas e produtores artísticos em geral cujo trabalho relaciona-se, livremente ao Corpo.

Os encontros são compostos de quatro momentos: uma mesa de debate temática, uma apresentação artística ao vivo, uma rodada de introduções onde todas as participantes podem se apresentar, mostrar seu trabalho, fazer propostas ou levantar questões relevantes (vagas limitadas  a inscrição gratuita é recomendada); e um happy hour de confraternização.


A entrada do público é livre. Porém, é imprescindível trazer um documento de identificação para fazer o cadastro na entrada do edifício.

>> Mesa de Debate  — Josemar Andrade (Impulse), Ronaldo Serruya e Valter Nü.

>> Performance — Aladdin Sane e Andrew Tassinari.

>> Rodada de Introduções — o cerne do evento, a Rodada consiste em uma sequência de apresentações curtas, de 2-3 minutos, realizadas pelos próprios participantes, que podem se apresentar, mostrar seu trabalho, propostas ou levantar questões que acharem relevantes. Não é necessário que a apresentação seja relacionada ao tema de cada encontro, porém, deve se relacionar livremente ao tema Corpo e Arte ou Artes do Corpo. Nessa rodada não há tempo para perguntas. Apresente-se!! Pedimos a gentileza de preencher o formulário de inscrição, o tempo é imitado então as vagas são preenchidas por ordem de inscrição!

>> Happy Hour — Ao final da Rodada, o espaço continua aberto em happy hour até as 23h pra que as pessoas possam se conhecer e confraternizar, bem acompanhadas de música, comes e bebes.


O Corpo de Quinta tem um Grupo e também um Evento no Facebook! Confirme e compartilhe por lá: facebook.com/events/119720422308198

Veja na página do Projeto Residente Corpo de Quinta mais informações sobre o evento e aqui algumas fotos dos eventos anteriores!

18/Out – CORPO de Quinta

15/Jun - Corpo de Quinta - estúdio NU

No dia 18 de Outubro de 2018, a partir das 19h, acontece o VIII Encontro Corpo de Quinta no estúdio NU.  O tema desse encontro será Pornografia, Pós-Pornografia e Arte Erótica.

Corpo de Quinta é um encontro mensal gratuito de networking artístico que acontece no estúdio NU sempre em uma Quinta-Feira por mês, aberto ao público geral mas sobretudo voltado para artistas de todas as áreas e produtores artísticos em geral cujo trabalho relaciona-se, livremente ao Corpo.

Os encontros são compostos de quatro momentos: uma mesa de debate temática, uma apresentação artística ao vivo, uma rodada de introduções onde todas as participantes podem se apresentar, mostrar seu trabalho, fazer propostas ou levantar questões relevantes (vagas limitadas  a inscrição gratuita é recomendada); e um happy hour de confraternização.


A entrada do público é livre. Porém, é imprescindível trazer um documento de identificação para fazer o cadastro na entrada do edifício.

>> Mesa de Debate  — Vera Vasques, fotógrafa e produtora audiovisual, Abhiyana, escritora, e Gal Oppido, artista visual.

>> PerformanceBruna Kury.

>> Rodada de Introduções — o cerne do evento, a Rodada consiste em uma sequência de apresentações curtas, de 2-3 minutos, realizadas pelos próprios participantes, que podem se apresentar, mostrar seu trabalho, propostas ou levantar questões que acharem relevantes. Não é necessário que a apresentação seja relacionada ao tema de cada encontro, porém, deve se relacionar livremente ao tema Corpo e Arte ou Artes do Corpo. Nessa rodada não há tempo para perguntas. Apresente-se!! Pedimos a gentileza de preencher o formulário de inscrição, o tempo é imitado então as vagas são preenchidas por ordem de inscrição!

>> Happy Hour — Ao final da Rodada, o espaço continua aberto em happy hour até as 23h pra que as pessoas possam se conhecer e confraternizar, bem acompanhadas de música, comes e bebes.


O Corpo de Quinta tem um Grupo e também um Evento no Facebook! Confirme e compartilhe por lá: facebook.com/events/2046190578774250/

Veja na página do Projeto Residente Corpo de Quinta mais informações sobre o evento e aqui algumas fotos dos eventos anteriores!

11 a 14 / Out – Satyrianas no estúdio NU

Banner Satyrianas

Pelo segundo ano consecutivo, o estúdio NU promove em parceria com o Festival Satyrianas uma programação diversa, que conta com uma exposição de arte visual sobre o corpo, performances, exibição de filmes, diversos workshops e um projeto fotográfico com a participação do público, além de receber espetáculos e leituras dramáticas da programação do Festival.

Local: Estúdio NU, na Rua Maria Paula, 122, conj 1208.

EXPOSIÇÃO

II Exposição “Tragam Seus Filhos Para Ver Gente NUA”

O Estúdio NU reedita em  2018 “Tragam Seus Filhos para Ver Gente NUA”, exposição de arte visual relacionada ao corpo nu com a qual o espaço foi inaugurado em Novembro de 2017. Agora abraçando o tema das Satyrianas: “Amor: Sem Medo do Clichê“, vinte artistas visuais expõem trabalhos em diversas mídias: fotografia, pintura, desenhos, monotipias, gravuras, cianotipia, instalações multimateriais, vídeo-arte, livros-objeto e mais. Haverá evento de abertura na Quinta-feira, dia 11, a partir das 18h, com uma mostra de performances e um pocket-show.

Tragam Seus Filhos para Ver Gente NUA apresenta trabalhos de artistas visuais contemporâneos que se relacionam — de diversas formas, formatos, visões e linguagens — com o corpo e a nudez. A exposição nasceu em 2017 com urgência para afirmar a resistência da arte sobre este que se tornou seu mais recente campo de batalha: o corpo. O nome é inspirado na campanha de 2015 do Musée d’Orsay de Paris (repetida em 2017), que incentivava aos pais e mães trazerem seus filhos para conhecer as obras de arte — que, com ou sem classificação etária, jamais seriam censuradas. Todos chegamos nus ao mundo, a nudez é natural a todos nós, e a arte e a educação, únicos caminhos para transformações duradouras na sociedade, não deveriam estar sujeitas a qualquer tipo de censura. Não cabe ao Estado, a instituições privadas, a um museu e muito menos a aglomerações políticas independentes decidir como pais e mães devem educar seus filhos.

Artistas participantes: Alberto Magno, Annie Ganzala, Chris The Red, Cia das Imagens, Coletivo Transeuntes, Eduardo Barros, Fabio Lopes, Felipe Lwe, Fellipe Oliveira, Giba Gomes, Hugo, Jhen Scalco, João di Souza, Leandro Tupan, Lenon Sebastian, Marcelo Prudente, Pedro Orlando, Tom de Mello e Yuri Morroni.

Período da Exposição: 11 a 14 de Outubro, das 18h às 24h.

Evento de Abertura com Mostra de Performances e Pocket-Show: 11/Out, quinta-feira, a partir das 18h. Mostra de Performances: das 19h às 21h, com Fabio Lopes, Ique In Vogue e Silvia Diaz (mais informações abaixo na seção PERFORMANCES). Pocket-Show: às 21h, com Karuzz.

Karuzz traz uma história de amor cantada da tristeza para a alegria, da solidão para uma nova paixão. É o que propõe com sua voz acompanhada de um único instrumento em participação de Jr Dub.

Projeto Fotográfico

“Amor: Sem Medo do Clichê”

O projeto fotográfico do Amor nas Satyrianas! Em parceria, o fotógrafo Hugo e o artista corporal NoahCorrea_ convidam as pessoas a receber o Amor sobre suas peles e registrá-lo sem medo do clichê no estúdio NU!

“Sozinhas ou acompanhadas, vestidas ou peladas, venham todxs!”

As fotografias serão posteriormente exibidas no Espaço dos Satyros e todxs xs participantes receberão os retratos digitalmente. Basta comparecer no estúdio NU no dia 14 (domingo), a qualquer momento entre as 14h e as 18h. A participação é gratuita e não é necessário se inscrever previamente, mas é imprescindível trazer um documento de identidade com foto.

Quando: Dom, 14/10, entre as 14h e as 18h.

Exibição de Filmes

“Ádvena”, curta de Cristiano Sousa

Em Ádvena, Antônio vive numa fazenda com os filhos, abandonado pela mulher que foi em busca de vida fácil. É um homem amargurado que, após a saída dos filhos a cidade, recebe a visita inesperada de um ádvena – um forasteiro – que afetará a vida de todos. (10 min).

“Alfredo Não Gosta de Despedidas”, longa de André Medeiros Martins

André Medeiros Martins é um artista obcecado por sexo e que tenta encontrar em histórias de sua falecida mãe as razões destas obsessões. Alfredo Não Gosta de Despedidas é um documentário autoficcional criado a partir da mostra de suas obras e relatos de familiares. (73 min).

Quando: Sex, 12/10, às 22h. Os dois filmes serão exibidos em sequência. Classificação: 18 anos.

Oficinas e Workshops

Atenção: para todos os workshops abaixo, é obrigatória a inscrição prévia pelo formulário abaixo, pois as vagas são limitadas. Todos os eventos são Pague Quanto Puder

“A Arte do Corpo Inspirador”, com Lucilene Moreira

Encontro vivencial entre artistas do corpo, performers e fotógrafas(os) para experimentação e cocriação de ensaios tanto da artista como dos integrantes, com atuação dos corpos nus ou vestidos e utilização de elementos cênicos, com orientação inspiradora da performer Lucilene Moreira. Público-alvo: artistas e amantes das artes do corpo, fotógrafos profissionais ou não e artistas em geral que possam se interessar em fotografar e/ou serem fotografados. Trazer sua câmera e quaisquer objetos, peças de roupas ou elementos que queira explorar em imagens. Inscrição prévia obrigatória pelo formulário abaixo. (3 horas de duração). Quando: Sex, 12/10, das 14h às 17h.

“Amor: Palavra Sentida”, Workshop de Livro-Objeto com Yuri Morroni

A oficina introduz o conceito de livro-objeto através de exemplos e definições teóricas. Em seguida, é proposta uma conversa sobre os significados do amor e a relação de cada participante diante dos conceitos que surgirem. Inspirados na conversa e nos exemplos apresentados, os participantes são orientados na criação de um projeto de livro-objeto.Pensando nas possibilidades diversas dessa linguagem – cores, texturas, pesos e tamanhos – a oficina pretende estabelecer um diálogo entre o amor contado em histórias e o amor sentido dentro e fora do corpo. Inscrição prévia obrigatória pelo formulário abaixo. (2 horas de duração). Quando: Dom, 14/10, das 18h30 às 20h30.

Naked Yoga, aula especial com Bruno Paisano

A Naked Yoga é uma prática já muito difundida nos países europeus. Fazer a prática nus nos leva a lidar melhor com o próprio corpo e realmente superar nossos limites. A prática é voltada a pessoas de todos os gêneros. Para fazer essa aula especial nas Satyrianas do Amor, é obrigatório preencher o formulário de inscrição abaixo e trazer no dia da aula uma peça de roupa para doação, que será doada ao projeto social Yoga de Rua. (2 horas de duração). Quando: Sex, 12/10, das 11h às 13h.

Inscrição obrigatória:

Performances

Mostra de Performances no Estúdio NU

Na noite de abertura da Exposição “Tragam Seus Filhos Para Ver Gente NUA”, no dia 11/10 (quinta-feira), das 19h às 21h, acontecerá a Mostra de Performances, que contará com o INSÓLITO Ateliê de Fabio Lopes e as intervenções performativas de Silvia Diaz e Ique In Vogue.

INSÓLITO ateliê – “Draw Me Like One of Your French Girls”, de Fabio Lopes – INSÓLITO ateliê é uma plataforma relacional de criação adaptável em diversos espaços e situações, propondo encontros com temáticas que mimetizam eventos e ambientes. Em cada encontro, o público é convidado a explorar a materialidade dos ambientes ficcionais, a fim de compor, em parceria com o artista, a pose que o representará em um retrato pintado na hora. Vídeo: https://vimeo.com/282879755

“Quero a Primavera”, de Silvia Diaz – Silvia representa a deusa Afrodite, e será acompanhada por Eduardo Rubio como Apolo. Flores, pássaros e uma fragrância cítrica…

“Fim dos Tempos”, de Ique In Vogue – Uma ação sobre a palavra do amor, não sobre sua prática.

Quando: dia 11/10 (quinta-feira), das 19h às 21h. O público pode chegar a qualquer momento.

 

Amor em Dueto Poetizado, de Lucilene Moreira

Os performers Lucilene Moreira e João Paulo Gomes apresentam sua variação sobre poema de Matilde Campilho entre nus e jogos corporais. (20 minutos). Quando: dia 12/10 (sexta), às 19h. 14 anos.

TEATRO ADULTO, ESPETÁCULOS PERFORMATIVOS E LEITURAS DRAMÁTICAS

O Palácio das Delícias (performance interativa), da Cia Hedonê de Teatro Afrodisíaco

O Palácio das Delícias é uma performance interativa, imersiva e sensorial na qual o público é conduzido por uma viagem imaginária ao mítico Palácio onde cada um pode ser o que quiser e tudo é permitido. Uma jornada libertadora de autodescobrimento e acolhimento. Mais sobre o grupo e o espetáculo em www.hedoneteatro.com. (90 min). Quando: dia 11/10 (quinta-feira), às 22h. 18 anos.

Eu Sei Fazer Strudel

Um casal que se ama as avessas. Laura e Edgard dividem medos, alegrias, sonhos e prazeres como vizinhos em um apartamento no centro de São Paulo. Enquanto Edgard tem esperança em conquistar Laura e juntos realizarem suas expectativas do que seria viver feliz, Laura é descrente com a humanidade, tem medo do amor e reluta em aceitar o óbvio: está apaixonada. Edgard tentará conquistá-la com seu maior dom: cozinhar. Mas nessa meia história de amor intensa e inconstante tudo pode acontecer. Leitura dramática. (30 minutos). Texto: Silvia Diaz. Elenco:  Márcia Papoti , Deivid Alves e Gabriela Soares. Quando: dia 12/10 (sexta-feira) às 18h. 14 anos.

É preciso ouvir as cinzas

Um assalto, um bebê encontrado na rua, um sonho com cavalos… Alguma força que rege o universo está presente no cotidiano. A partir das histórias e dos pensamentos moldados no silêncio, uma mulher, em um percurso de fé, tenta se conciliar com a dúvida e com o mistério que muitos creditam a Deus. (45 min). Texto: Herácliton Caleb. Direção: Herácliton Caleb. Elenco: Carolinah Rateiro. Quando: dia 12/10 (sexta-feira) às 20h. 14 anos.

(Des) Narradores Narrados

De criação coletiva baseado em relatos anônimos de transeuntes do Terminal Rodoviário Tietê em São Paulo, abordando o abuso e suas implicações na micro-política dos corpos, que sobrevivem às agressivas fragmentações violadoras de suas subjetividades, no espaço-tempo das des-memórias. (60 min). Texto: Hélvio Benício. Direção: Hélvio Benício. Elenco: Audrey Ribeiro; Letícia Stamatopoulos; Leonardo Rozin; Rogério de Comi; Roberto Camilo; Kelly Batel; Sérgio Reykmann. Quando: dia 13/10 (sábado) às 20h. Livre.

Lucidez de amor (sarau)

O amor está em todos os lugares, no vento, nas ruas, bares, corpos e sorrisos. Convidamos vocês para participarem de um sarau cheio de poesia, cores, música, vinho e aconchego. Vamos brindar o amor entre todas, todos e todex! Sejam bem-vindos! (60 min). Texto: Pablo Neruda, Lorde Byron, Hilda Hilst, Florbela Espanca e alguns sonetos de Shakespeare. Supervisão e organização: Larissa Brito e Giuliana Roncada. Quando: dia 13/10 (sábado) às 22h. Livre.

Navalha na Carne

A prostituta Neusa Sueli, o cafetão Vado e o faxineiro Veludo se envolvem em uma série de violências a partir do desejo, do poder e do amor na relação de servidão que um tem pelo outro. (50 min). Texto: Plinio Marcos. Direção: Fábio Montino. Elenco: Leandro Dativa, Rycardo Moreno e Tata Lazarrinni. Quando: dia 13/10 (sábado) às 23h59. 16 anos.

 

Observações sobre o Festival:

– é obrigatório trazer o RG para fazer cadastro de visitante na recepção do prédio

– venha despida(o) de qualquer preconceito

– todos os eventos da programação das Satyrianas tem entrada Pague Quanto Puder e devem ser pagos apenas em dinheiro. Para o bar e a loja do estúdio NU, aceitamos todos os cartões de débito e crédito.

– a exposição e os eventos com classificação indicativa de 18 anos podem ser contemplados por menores caso acompanhados dos responsáveis.

27/Set – Corpo de Quinta

15/Jun - Corpo de Quinta - estúdio NU

No dia 27 de Setembro de 2018, a partir das 19h, acontece o VII Encontro Corpo de Quinta no estúdio NU.  O tema desse encontro será Corpo Negro.

Corpo de Quinta é um encontro mensal gratuito de networking artístico que acontece no estúdio NU geralmente na primeira Quinta-Feira de cada mês, aberto ao público geral mas sobretudo voltado para artistas de todas as áreas e produtores artísticos em geral cujo trabalho relaciona-se, livremente ao Corpo.

Os encontros são compostos de quatro momentos: uma mesa de debate temática, uma apresentação artística ao vivo, uma rodada de introduções onde todas as participantes podem se apresentar, mostrar seu trabalho, fazer propostas ou levantar questões relevantes (vagas limitadas  a inscrição gratuita é recomendada); e um happy hour de confraternização.


A entrada do público é livre. Porém, é imprescindível trazer um documento de identificação para fazer o cadastro na entrada do edifício.

>> Mesa de Debate  — Monica Cardim, fotógrafa e cineasta, Alexandre Araújo Bispo, antropólogo social e produtor cultural, e Moisés Patrício, artista visual e arte-educador.

>> Performance — Val Souza

>> Rodada de Introduções — o cerne do evento, a Rodada consiste em uma sequência de apresentações curtas, de 2-3 minutos, realizadas pelos próprios participantes, que podem se apresentar, mostrar seu trabalho, propostas ou levantar questões que acharem relevantes. Não é necessário que a apresentação seja relacionada ao tema de cada encontro, porém, deve se relacionar livremente ao tema Corpo e Arte ou Artes do Corpo. Nessa rodada não há tempo para perguntas. Apresente-se!! Pedimos a gentileza de preencher o formulário de inscrição, o tempo é imitado então as vagas são preenchidas por ordem de inscrição!

>> Happy Hour — Ao final da Rodada, o espaço continua aberto em happy hour até as 23h pra que as pessoas possam se conhecer e confraternizar, bem acompanhadas de música, comes e bebes.


O Corpo de Quinta tem um Grupo e também um Evento no Facebook! Confirme e compartilhe por lá: facebook.com/events/1856491194445313/

Veja na página do Projeto Residente Corpo de Quinta mais informações sobre o evento e aqui algumas fotos dos eventos anteriores!

III Sarau Bixaria Literária

Sarau Bixaria Literária

Dia 31 de Agosto, sexta-feira, o estúdio NU recebe a terceira edição do Sarau Bixaria Literária, organizado pelo Coletivo Bixa Pare. A casa abre às 18h e o Sarau começa às 19h30.

Trata-se de um sarau LGBTQIA+ de micro-performances com artistas, performers, músicxs, escritorxs, propositorxs de artes, pesquisadorxs e interessadxs em geral que estejam a fim de dialogar partindo de suas condições neste mundo.

O Sarau Bixaria Literária, que já aconteceu na Casa das Rosas e na Oficina Alfredo Volpi,  terá para sua terceira edição o tema “Toda Nudez Será Pornográfica?”, e com ele o coletivo convidou artistas que trazem em seus trabalhos e performances onde o público será convidado a interagir com a discussão e reflexão sobre a nudez na sociedade contemporânea.

Para esta edição, o coletivo traz uma performance inédita junto à apresentadora Melissa Babalu e convida xs artistas Ique In Vogue, Caio Jade, Dani Barsoumian e Hugo além de performances dos integrantes do coletivo Diego Castro e Fabio Lopes. Haverá ainda um pocket show do músico performático Ti Araújo.

Serviço

“III Sarau Bixaria Literária”

Local: estúdio NU – Rua Maria Paula, 122, conj 1208, São Paulo

Abertura da casa: 18h ; Sarau: 19h30 às 21h30; Confraternização: 22h às 24h

Entrada gratuita. O estúdio NU abre às 18h.

Sobre o Coletivo

O Coletivo Bixa Pare é um coletivo artístico que possibilita em sua existência, criações de trabalhos em diversas linguagens que trazem como disparadores questões e atravessamentos, entre tantas outras urgências, a relação do corpo Bixa como pesquisa cênica de suas ações.

Formado pelas bixas artistas Diego Castro, Fabio Lopes e Luan Afonso, artistas pesquisadores com formações plurais, que trabalham juntos em diversas produções desde 2012. Após inúmeras parcerias, no começo de 2017 resolveram transgredir o Coletivo Bixa Pare. Sua existência teve como ponto de partida a pesquisa do espetáculo (com titulo provisório) “Bixa Pare ou SerTão de Mim” que deverá vir a ser o seu primeiro espetáculo cênico.

O Coletivo realizou mostra de processo do seu primeiro espetáculo Cênico com titulo provisório de “Besha Pare ou SerTão de mim” na XIV Semana de Artes do Corpo da PUC, Oficina Cultural Alfredo Volpi e nas Satyrianas 2017. Em dezembro estreou a performance BIXA FREAK SHOW no Fuzuê, evento organizado por artistas e coletivos da Zona Leste de São Paulo. O Coletivo faz residência artística na Oficina Cultural Alfredo Volpi, onde ministrou a oficina “As relações do corpo Besha como disparador para um manifesto cênico” entre janeiro e março de 2018. Em Junho o coletivo organizou a primeira edição do Sarau, na Casa das Rosas.